JellyPages.com

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Marcas E Sinais - Renata Arruda

São marcas, são sinais
Que o tempo exibe em teu olhar
Por mais que sejam vãs
A minha louca fome por mais
Me saliva a boca e me sabendo você faz
Por mais que eu disfarce
Que eu perca o equilíbrio
Que eu caia em teu abismo
Teus pés
Sou só um redemoinho, um zás
O que o meu descaminho te traz
Eu quero ser teu vinho
Te embriagar de mim
E te dar muito mais
Mais de mim
Em teu olhar
Te deixar as minhas marcas
Os meus sinais