JellyPages.com

domingo, 29 de abril de 2012

Feliz Aniversário, Paulo

Celebre tua vida...
Celebra a alegria de fazer anos de esperança.
Conta teus anos não pelo tempo...
Mas pelo espaço que fazes em teu coração.
Não pela amargura de uma dor,
mas pela ressurreição que ela traz.
Não pelo número de troféus de tuas conquistas... 
Mas pelo gosto de aventura de tuas buscas.
Não pelas vezes que chegaste...
Mas pelas vezes que tiveste coragem de partir.
Não pelos frutos que colheste... 
Mas pelo terreno que preparaste 
e as sementes que lançaste.
Não pela quantidade dos que te amam...
Mas pela medida de teu coração 
capaz de amar a todos.
Não pelas desilusões que tiveste...
Mas pela esperança que infundiste.
Não pelos anos que fazes...
Mas por aquilo que fazes em teus anos.
Mas pelas vezes que teu aniversário
se tornou uma celebração de vida.
FELIZ ANIVERSÁRIO

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Resposta - L.P.V.

Você é uma menina  inocente,
nos meus braços vira uma mulher ardente.
Sabe o que quer sim, 
mas eu que digo como quero...
e você se rende, carinhosa,
sabe ser minha puta ardente.
Tomo do seu vinho 
e num beijo transformo em água.
Vou do inferno ao paraíso em segundos, 
Porque você já faz parte do meu mundo...
Então vem mulher  
seja  meu vinho, 
meu fruto...
o meu tudo.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Duas - Vênus

Com você sou menina...
...que obedece.
Mas também  sou mulher... 
...que sabe o que quer.
Sou dominada...
...e domino.
Sou amante carinhosa....
...sou puta ardente.
Veneno...
...e  vinho.
Água... 
...e óleo
Te levo ao paraíso...
....e ao inferno no momento seguinte!

terça-feira, 24 de abril de 2012

Ah Mineiro, Uai - Neguinha Mucelli

Ah Mineiro, uai
Um beijo, um pão de queijo
um sorriso maroto
aquele jeito gostoso
de espreguiçar
a fala mansa
um trejeito de quem dança
doce de leite
e olhar as montanhas
deleite
essa gostosa mansidão
de sentir orgulho
um sotaque caipira
quitandas
fogão a lenha
tropeiro
tutu de feijão
é assim que bate o mineiro
coração
Quieto, delicadamente prestativo
observador,matreiro
absurdamente guerreiro
o interior verde,orvalho
milho e quentão
aqui,sobra valentia
noites de seresta
a porta sempre aberta,o amor
está na pele deste povo
hospitaleiro.
Terra de poetas,gente de bem,
de vida em prosa e verso
trazemos na alma
a doçura do amanhecer
a esperança em cada passo
sem nunca
esmorecer.

Palavras - Neguinha Mucelli

Há palavras ... 
que sempre expressam amor... 
e eu gosto de proferi-las 
imaginando que dentro de mim, 
elas sejam exaladas 
com toda minha plenitude... 
amor fraterno... 
amor amante... 
amor de corpos... 
amor de almas... 
amor tesão... 
amor em toda imensidão...
me derramo... 
sou fervura... 
sou líquida... 
sou espessa... 
sou intensa... 
temperada... 
cobertura... 
sou toda quentura... 
calor em brasa... 
ardo... 
queimo... 
e teimo em ser exatamente quem sou...

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Minha Boca - L.P.V.

Minha boca sente
Vontade de seu nome gritar
Minha boca sente
Vontade de dizer o quanto ti amo
Minha boca sente
Vontade de  ti beijar

terça-feira, 17 de abril de 2012

Seus Seios - L.P.V.

No colo dos seus seios
Meus dedos 
deslizavam descompassados
As pontas
Seus bicos tocavam
Circulei 
Os meus dedos 
Insistiam em apertá-los...
...Então apertei
E seu gemido escutei.

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Tatuagem - Vênus

Sensações - Vênus

Sensações:
Pele que se arrepia;
Coração que dispara;
Respiração que acelera;
Suor que transborda;
Gemidos, sussurros, gritos e
Tesão por você...

Nosso Compasso - Vênus

E...
Um dia...
Meu coração 
Bateu diferente,
Era o compasso do teu,
Dentro de mim...

Sem Controle - L.P.V.

Me ama...
Do meu controle, 
me deixa sem!
Num vai e vem,
me tem.

Vontades - Many Pallo

domingo, 15 de abril de 2012

Amo Você - L.P.V.

Você é linda 
Enfeitiça o meu coração
Te chamo de amor
Te quero perto de mim
Desejo sua boca
Que vou fazer, amo você?
Seu sabor ainda em minha boca está...

Seu Nome - L.P.V.

Você reluz, me conduz.
Te grito, te chamo... teu nome, você.
Vem Ana, menina mulher, vem sem medo.
Com uma flor no cabelo, vestida de Vênus.
Ana Bela, vem com seu cheiro de canela.
No cabelo traz uma flor.
Vestida de Vênus, te chamo de meu amor.
Minha musa, leoa, me torno o seu senhor.
Linda morena, me espera na janela, varanda.
Meus olhos a viram, linda e brilhante.
Pra mim, será sempre minha Ana.

Encaixe Perfeito - L.P.V.

O cheiro do seu corpo 
do meu não sai
Sua boca na minha...
...insiste em não sair
Nossos corpos grudados 
ainda tem gosto de quero mais
Seu coração acelera 
e o meu não pára de acelerar...
...quer mais
Suas mãos 
faz meu juízo se perder
Minhas mãos atrevidas
seu corpo busca
Subindo 
descendo
Não tem parada
desliza 
sente
acha 
sente seu calor
Atrevida 
que quer mais
Sentindo úmida 
não resiste
bate
esfrega 
se entrega 
deixando meus dedos 
em ti penetrar
mata minha fome 
sacia meus desejos
num toque 
num beijo
Te quero assim 
menina faceira
Me chama de safado 
me bate
ficando louca de vontade
Me puxa num canto 
arranca minhas roupas 
diz que sou seu homem
Sem vergonha me toma
me pega 
aperta 
sente
Fera faminta
não escapo 
Te laço
num abraço 
realizo seus desejos
Nas curvas do seu corpo
meus dedos não tem paradas
Olho sem me cansar
deliro de amor
sinto a fome do prazer 
olhando as curvas do seu corpo
Imagino o encaixe do meu corpo 
nessas curvas do seu corpo
Perfeito encaixe
vai e vem
pra lá
pra cá
ruídos 
gemidos
Entro em você 
sem vergonha digo:
Que você é tudo que sonhei

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Minha Mulher - L.P.V.

Leoa
Felina
Linda menina
Vem com seu cheiro
De Surrender, 
me rendo...
Vênus, 
Planeta que 
Alcanço num pulo...
Arranco 
sua flor do cabelo
E te faço 
minha mulher...
Vestida de branco,
Com sua pele 
morena rosa
Que realça 
seu lindo corpo 
de Ana Bela...
Me esperando na janela.

Teu Corpo - L.P.V.

Meus dedos...
O seu corpo percorria
Sua pele quente,
Minhas mãos sentia....
Sua boca macia,
A minha encostava...
Seu cheiro exalava,
Assim o meu corpo no seu
Se encontrava...

Flor No Cabelo - L.P.V.

Ana morena
Linda flor 
que coloca em seus cabelos
Menina mulher
Me ama, me ganha, me tem
Bate, rebate, te quero
Não espero
Tem quer agora
Louca, inconsequente
Se entrega, 
não se nega a mim
Vem...
Safada, bandida, cachorra
Domina, ensina
Furacão, tsunami
E de repente, 
A calmaria...

terça-feira, 10 de abril de 2012

Gozar... - L.P.V.

Gozar com você
É como tocar
Nos dedos 
De Deus

Na Estrada - L.P.V

Seus olhos... Meus faróis
Sua boca... Um ponto de chegada
Seu queixo... Uma lombada a passar
Seu pescoço... Uma ladeira a me levar às montanhas
Seus seios... Duas montanhas onde 
eu paro pra apreciar a paisagem
Sua barriga... Uma reta onde sigo em uma só direção 
Seu umbigo... Um pequeno buraco 
que me acorda pra próxima visão
Seu sexo...  Minha parada obrigatória, 
minha pousada eterna e assim te faço minha estrada

Taça=Eu...Vinho=Você - L.P.V.

Sou a taça onde recebo seu vinho
Se esparrama em mim oferecendo seu sabor
Degusto suavemente sentindo 
Cada gotícula do seu sabor 
Esparramando em meu paladar 
Sinto cada buquê do seu gosto
Se é doce, me preenche o paladar
Se é seco, bebo bem suave
Procurando seu gosto em um gole... 
Preservo seu sabor na minha língua
Sentindo o gosto seco ficando adocicado
Minha boca, então, aceita 
E engole numa espécie de ritual
Passando pela minha boca 
Deixando esse gosto na minha língua
Engulo, e onde passa 
pela minha corrente sanguínea, 
Causando uma satisfação incrível
Me dando prazer, 
Causando uma satisfação sem explicação
Simplesmente o prazer de ter você... 
...Esse vinho dentro de mim

terça-feira, 3 de abril de 2012

E Então...Recaí - Fabrício Carpinejar

Recaída...
Quando
A saudade
Precisa
Recuperar
Detalhes

Teu Amor Em Mim... Meu Amor Em Ti! - Marta Bittencourt

Como não sentir o abraço teu...
Se está marcado no corpo meu...
Como não pensar em ti ...
Se tua voz...
Sussurra meu nome a todo instante...
Como não te amar...
Se meu coração bate como sinfonia...
Entoando nossas palavras de amor...
Como esquecer de ti ...
Se em todos os meus momentos do meu caminhar...
É tua presença que preenche um... a um...
Como não sentir saudades...
Se desejo com loucura teus beijos...
Que tocaram os lábios meus 
com a delicadeza do amor...
Como não querer teu abraço...
Se foram neles que senti como se gigante eu fosse...
E pudesse olhar todo o firmamento
 com a beleza que a cada dia nos presenteia...
Como não chorar de emoção...
Se o teu encantar envolve minha essência...
E somente na tua presença sou feliz...
Mas na tua ausência te amo ainda mais...
Porque nela encontro tu'alma...
E na tu'alma encontro meu ser...

Solidão - Verônica H.

Não desiste de mim...
Por trás de tanta indecisão,
Tem alguém que precisa de companhia,
Mesmo fingindo que não...
Tem alguém que odeia, 
Todo mundo, num segundo
E chora de saudades de todos,
No momento seguinte...
E de você,
Principalmente!

Amor Vivo - A.D.

Difícil foi perceber...
Que nada ali....
Estava vivo...
Além do meu amor...