JellyPages.com

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Corpo Memória - Pedro Miranda

Teu corpo é cobra
quando enrolas no meu, 
teus lábios mel tocando os meus, 
tua pele brasa, teus seios carne,
pecado, desejo.
Teu sexo fonte, de onde vou beber,
me molhar, me limpar, me enlouquecer, 
teu corpo é desejo, volúpia,
memória que nunca vou esquecer.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Beijo Na Boca - Rozeli Mesquita

Teu beijo desperta meu corpo
Entrega-te à minha boca úmida
Nesse  abraço apertado
Me assanha, 
me deixa louca
A língua descontrolada
Procura o caminho, 
de mansinho
Céu da boca, 
entre dentes
Um encaixe perfeitinho
Beijo molhado, 
beijo safado
No pescoço, 
no ouvido
E a boca ávida espera
Aquele beijo atrevido
Beijo na boca é gostoso
Gosto de uva, 
maçã, 
pitanga.
Salada de frutas, 
doce mel.
Mel doce da minha manga
Músculos se movimentam
Entra e sai 
sem permissão
São dezessete só na língua
Arrepia...
que delicia de tesão

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Nós - L.P.V.

Minha gata felina 
mulher menina
me arranha 
me chama 
me tem
me puxa 
me quer...
me diz: 
- Vem meu macho, 
me faz sua mulher!
Obedeço... 
me ofereço 
me dou,
safado,
sem vergonha
e daí.. nesse momento 
não importa os nomes...

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Beijo - L.P.V.

Beijo a  sua boca 
atiça meu corpo todo
arrepia 
estremece
querendo mais ...
O beijo é 
como uma porta 
de entrada...
Essa entrada 
que comando o tesão...

Saudade - L.P.V.

Senti saudade
Saudade essa...
de estar com você
Saudade essa...
de sentir o seu perfume
desfilando em meu olfato
Saudade...
 de tocar sua pele
dando aos meus dedos
um presente pro meu tato
Saudade...
 da sua boca dando a mim 
os seus beijos,
aguçando o meu paladar

Diamante - L.P.V.

Você estava ali, 
linda e cheirosa.
Seu perfume me seduziu,
curioso fiquei:
Quem será essa? 
Observei, cumprimentei,
sem respostas fiquei
- tudo bem -
Outra vez tentei,
em vão... 
outra vez...
Não desisti 
e um oi 
consegui. 
A partir desse oi 
que estamos aqui ...
O amor foi lapidando aos poucos 
e hoje é um diamante raro. 

Coração De Porcelana - Alcione

Na tentativa de sentir teu gosto
Minha emoção tem sido tão fugaz
Em cada corpo que não ve teu rosto
Faz carinho, sexo, mas amor não faz
E a solidão é a porta da loucura
Essa saudade não me deixa em paz
E o meu desejo quando te procura
Tá nesse vazio que me dói demais
E o teu silêncio grita em meus ouvidos
Teu beijo vive no meu paladar
Te sinto em cada um dos meus sentidos
Em pensamento chego a te tocar
Virou um vício
Essa paixão insana
Cuidado é frágil, te avisei só pra te lembrar
Meu coração é pura porcelana
E pode se quebrar
Onde andará
Que paixões terá
Quando voltará
Ou me esquecerá
Me diz se devo insistir no sonho
Ou desiludir de uma vez
Tire as algemas do meu coração
Não, não vou deixar
Você me deixar
Falei por falar
Volta pra ficar
Me ajude a ver de novo a luz do sol
Me poupe por favor
Do desprazer que deve ser morrer de amor

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Da Tentação À Cantada - Wando

(Ele)
Eu gosto de te ver chegar...
Junto com a manhã 
Junto com o sol, leve, solta... 
Você com esses olhos de corça 
Tá querendo me seduzir 
Me arranha com garras de loba 
Me fere e não se deixa ferir 
(Ela)
E você com esse jeito tão manso 
Dizendo só me querer 
Me fissura e me agita 
Me atiça e me faz tremer 
(Ele)
Assim, lero-lero 
Eu não quero 
Pois você não sai e nem deixa eu entrar 
Me põe e me tira na boca 
Me atiça, e depois não me dá 
(Ela)
Hahah, huuuum... 
(Ele)
Não vou não! 
(Ela)
Só se você me der coração 
(Ele)
Eu já sei, eu já sei
(Ela)
Hahah, huuuum... 
Não vou não! 
Só se você me der coração 
(Ele)
-Que tal um teatrozinho? 
(Ela)
-Ai, tô a fim não. 
(Ele)
-Cineminha? 
(Ela)
-Nem rola, meu amor! 
(Ele)
-Passeio na praça? 
(Ela)
-Aí, pode ser! 
(Ele)
Ah, se eu fosse você,
com essa cara bonita 
Me passava a conversa,
me levava depressa 
Pra bem longe daqui 
Se eu fosse você,
eu me dava todinha 
Junto aquelas coisinhas,
que eu não sei pedir, nem dizer 
(Ela)
Ah, se eu fosse você...
(Ele)
Cuidado!
(Ela)
Me fazia um carinho,
me deitava no colo 
Me pedia com dengo,
que seu corpo tocasse 
(Ele)
Assim, eu gosto! 
E me dava o gosto, 
dessa língua vermelha 
Deslizava em meu corpo,
me dizendo besteiras... 
(Ele)
Olha, se eu fosse você...
(Ela)
O quê que ia ter, hein?
(Ele)
Me levava pra casa 
Huum, é mesmo, é?
(Ele)
Me botava na cama 
(Ela)
Ai, coisa boa 
(Ele)
Me ensinava de novo como é que se ama 
(Ele e Ela)
Se eu fosse você...
Me levava pra casa...
Me botava na cama...
Me leva, me leva, que eu vou! 

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Deus Te Proteja De Mim - Wando

Deus te proteja 
pela onda de alegria 
que me invade todo dia
quando encontro com você
Deus te proteja 
pelo beijo de pecado,
tão gostoso e tão levado 
tão molhado de prazer
E toda vez 
que você cruza meu caminho 
eu esqueço que sozinho
eu nasci e vou morrer
No teu olhar eu vejo 
um mundo tão bonito,
tenho fé e acredito 
e deixo o amor acontecer
Vem me seduzir, 
me confundir, me agradar, 
você é louca
eu sou mais louco que você
Vem brincar de fogo
me queimar e se queimar, 
queimando juntos a gente 
pode se acender
Eu não vou deixar de amar 
por medo de sofrer
se você quer me dar 
quero receber
Vinho proibido 
de uma safra especial 
que me embriaga, 
me alucina 
e não faz mal
Deus te proteja 
pela falta de respeito 
do meu corpo no teu leito
quando a gente faz amor
Deus te proteja 
por meu jeito atrevido 
que provoca teu gemido
mas de gosto que de dor
O teu vestido esconde 
a parte mais formosa, 
peço a Deus fêmea gostosa
que o amor guardou pra mim
Repete e fala 
essas loucuras sem sentido 
bem baixinho em meu ouvido
me dá mais que eu quero sim
Vem me seduzir,
me confundir, me agradar,
você é louca 
eu sou mais louco que você
Queimando juntos 
a gente pode se acender
Se você quer me dar 
eu quero receber
Vinho proibido 
de uma safra especial 
que me embriaga,
me alucina e não faz mal

domingo, 18 de novembro de 2012

O Gosto De Tudo - Roberto Carlos

Eu bebo em sua boca 
O gosto de tudo 
Eu mato em seu corpo 
A sede que eu tenho 
Nesse beijo eu tomo 
De todos os vinhos 
Mistura perfeita 
Dos nossos carinhos 
O ar que eu respiro 
No céu se mistura 
Da boca ofegante 
Que a minha procura 
Eu bebo nas fontes 
De tantas delícias 
Me perco em seus montes 
Jardins e carícias
Quando eu provo do seu beijo 
Eu me perco no sabor 
Da pureza dessas fontes 
Da beleza desse amor 
Nesse campo farto e fértil 
Eu desfruto do melhor 
Tudo é puro na beleza desse amor
Na árvore plena 
Nosso amor conhece 
O gosto da fruta 
Que a vida oferece 
Nós somos a festa 
E a dose atrevida 
Brindemos agora 
O amor e a vida
Quando eu provo do seu beijo 
Me confundo no sabor 
Da pureza dessas fontes 
Da beleza desse amor 
Nesse campo farto e fértil 
Eu desfruto do melhor 
Da pureza dessas fontes 
Na beleza desse amor
Quando eu provo do seu beijo 
Eu me perco no sabor 
Da pureza dessas fontes 
Na beleza desse amor 
Nesse campo farto e fértil 
Eu desfruto do melhor 
Na pureza dessas fontes 
Na beleza desse amor 
Quando eu provo do seu beijo
Me confundo no sabor 
Da pureza dessas fontes 
Na beleza desse amor 
Nesse campo farto e fértil 
Eu desfruto do melhor 
Tudo é puro na beleza 
Na beleza desse amor

Caminhoneiro - L.P.V.

Nos seus olhos 
meus faróis 
Sua boca 
minha cabine 
Seu pescoço 
meu volante 
Seus seios 
minha buzina 
Seu sexo 
minha chave 
onde 
dentro eu giro 
e ligo os desejos 
que me levarão 
a caminhos delirantes

Distância - L.P.V.

...E por deixar 
eu fazer parte da sua vida.
Não importa, 
o quanto longe estamos.
O que importa, é
que estamos sempre juntos.
Que  importa a distancia,
 se o que sentimos é amor? 
Qual distância separa isso?

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Sou Sua Estrada - L.P.V.

Viaje pelo meu corpo
pelos caminhos mais longos
Nunca pare 
continue percorrendo 
Sinta a cada centímetro percorrido 
o meu amor por ti 
E quando resolver parar 
pare aqui 
no meu coração... 

Gata No Cio - L.P.V.

Minha gata
Me arranha
Me assanha
Me puxa
Morde meu pescoço...
...marca
Minha gata
Mia alto
Me domina 
Nas suas garras

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Amar Você - Many Pallo

Ah! esse amor que sinto
Brinca com meus sentidos
Mexe com minha libido
Ah! esse amor lúcido, complacente
Sem hipocrisia, feito de razão
Bailando mais e mais desejo
Ah! nada vale essa paz
Esse pouso gratuito
De você em mim
É tão fácil te amar
Que não sei se está no dizer
Ou na alegria de te sentir
Ah! esse amor meu e seu.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Dançando - L.P.V.

Quero dançar com você 
e suavemente encostar 
meu rosto ao seu, 
minhas mãos 
entrelaçar sua cintura. 
Meu rosto encostado ao seu... 
Bem lento 
levar os passos, 
num só compasso. 
Sentir seu perfume...
A meia luz, 
o mundo pára 
só pra nós dois. 
E são só dois pra lá 
e dois pra cá...

Vontade - L.P.V.

Vontade...
de te jogar na mesa 
arrancar teu vestido,
rasgar tuas meias
abrir tuas pernas com as minhas 
te penetrar de uma vez
gemer 
gritar 
urrar feito leão 
puxar seus cabelos 
fazer você implorar tesão 
e então 
sem enrolação 
gozar no seu corpo...

Necessidade - L.P.V.

Nas linhas do seu corpo, 
eu li que estava escrito:
Meu corpo irá necessitar do seu, 
as minhas mãos vão querer te sentir, 
a minha boca irá gritar seu nome, 
os meus olhos acharão os seus,
e os meus dedos desvendarão seus segredos...

Arco-Íris - L.P.V.

Você,  
que eu não esqueço mais...
Você, 
que no meu peito,
do lado esquerdo,
fez questão de fazer sua morada...
Você, 
que esse coração,
fez questão de fazer bater bem forte...
Você, que chegou e acendeu a luz que eu apaguei...
Você, 
que coloriu o cinza,
mostrando que além desse cinza
existem outras cores
e fez do cinza um arco-íris
Você, Ana, que é a pessoa
que ressuscitou esse ser... 
...Eu...

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Amor Selvagem - L.P.V.

Amor selvagem...
quero fazer com você!
Sem regras,
sem pudor,
sem educação.
Me xinga 
que retribuo.
Me bate 
e revido.
Me arranha 
e te mordo.
Por cima, 
por baixo.
De frente, 
de lado.
Na cama, 
no chão,
no mato 
ou onde for...
Só sei que selvagem 
é o nosso amor!

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

À Todos - Martha Medeiros

Sentir-Se Amado - Martha Medeiros

O cara diz que te ama, então tá. Ele te ama.
Sua mulher diz que te ama, então, assunto encerrado.
Você sabe que é amado, porque lhe disseram isso. As três palavrinhas mágicas. 
Mas saber-se amado é uma coisa, sentir-se amado é outra, 
uma diferença de milhas, um espaço enorme para a angústia instalar-se.
A demonstração de amor requer mais do que beijos, 
sexo e verbalização, apesar de não sonharmos com outra coisa: 
se o cara beija, transa e diz que me ama, tenha a santa paciência, vou querer que ele faça pacto de sangue também?
Pactos. Acho que é isso. Não de sangue nem dê nada que se possa ver e tocar. É um pacto silencioso que tem a força de manter as coisas enraizadas, um pacto de eternidade, mesmo que o destino um dia venha a dividir o caminho dos dois.
Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida, que zela pela sua felicidade, que se preocupa quando as coisas não estão dando certo, que sugere caminhos para melhorar, que coloca-se a postos para ouvir suas dúvidas 
e que dá uma sacudida em você, caso você esteja delirando. 
"Não seja tão severa consigo mesma, relaxe um pouco. 
Vou te trazer um cálice de vinho".
Sentir-se amado é ver que ela lembra de coisas 
que você contou dois anos atrás, é vê-la tentar reconciliar você com seu pai, é ver como ela fica triste quando você está triste 
e como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo 
uma tempestade em copo d´água. 
"Lembra que quando eu passei por isso você disse que eu estava dramatizando? 
Então, chegou sua vez de simplificar as coisas. 
Vem aqui, tira este sapato."
Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro e que não transformam a mágoa em munição na hora da discussão. 
Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente 
bem-vindo, que se sente inteiro. Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada, aquele que sabe que não existe assunto proibido, que tudo pode ser dito e compreendido.
Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo. 
Sente-se amado quem não ofega, mas suspira; quem não levanta a voz, mas fala; quem não concorda, mas escuta.
Agora sente-se e escute: eu te amo não diz tudo.