JellyPages.com

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Despedida - Cau Lanza

Talvez
Quem sabe
O mundo se acabe
Talvez
Quem pode saber
Quem poderá dizer
Real ou virtual
No falado
Na calada
No silêncio de um poema
Sem forma
Sem tema
Na ida
Sem despedida
Na covardia
Da noite e do dia
Na preguiça
Tal e qual
Prazer
Que derrete
Paixão
Uma ou tantas
E tu
Te despes
E tu
Repetes
Os mesmos erros
E tu
Te perdes
Na falsa sabedoria
Na falsa magia
Do gozo
Abundante
Que nas horas
Flutuantes
Tens
Aprecias
E tu
Tu brincas
E sempre
No caminho
À beira de um
Ou tantos ninhos
Rabiscas
Com outra caligrafia
Identidade fria
Mas... tu
Tu esqueces
À francesa
Partes
Vai embora
Não importa a hora
Se noite
Se dia
Sai e vai
Facilidade
De quem quer ser
Quer ter
Mas não pode
Porque tu
Tu
Simplesmente
Não és...

Nenhum comentário:

Postar um comentário