JellyPages.com

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Meu Delírio - L.P.V.

Gostosa Maluca - Wando

Ela faz cara de manha 
Quando me aperta e me beija 
E a gente rola na cama 
Ela me morde e deseja 
Vem cá mãezinha 
Me faz um chamego 
Essa coisa maluca 
Gostosa de boa, de boa 
Só você conhece 
Só você sabe fazer 
Só você conhece 
Só você sabe fazer 
Me aperta, me veste 
Me faz gemer 
Eu não resisto essa moça 
Que me provoca e me assanha 
Ela me bate na cara 
Me chama de sem-vergonha 
Vem cá mãezinha 
Me faz um chamego 
Essa coisa maluca 
Gostosa de boa, de boa 
Só você conhece 
Só você sabe fazer 
Só você conhece 
Só você sabe fazer

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Inversos - A.D.

Sou poesia solta na tela.
Letras de amor, de paixão.
De vazios.
Sou fantasia, utopia.
Desejo.
Sou vento e tempestade.
Sou flor.
Arrancada do jardim da inexistência.
Pétala joga no nada.
Sou choro repentino.
Riso escancarado.
Sou firme e rocha.
Sou a melodia que não cessa.
A última nota que não é tocada.
Embalo gostoso dos casais apaixonados.
Solidão.
Na noite perversa, em mim.
Sou rima desfeita.
No poema que já foi escrito.
Repetido e único.
Ímpar e igual.
A tantos, a todos.
Nos dias cinzas e sem cor.
Sou letra inventada.
Na pele desenhada.
Riscada, rabiscada.
Lida e ignorada.
Na vida solitária...
De quem um dia, acreditou no amor...

Anatomia Do Beijo - Ricardo Gomes

Tão diferente, tão igual.
Um preenchido no vazio, 
um barulho no silêncio.
A faísca que se iniciou no olhar 
e acelerou as batidas do coração.
Frente a frente, na tua boca quis tocar.
Os meus lábios encostei, 
suguei o teu respirar
Mordi-te o lábio de baixo, 
puxei-o para mim, 
as minhas mãos percorreram o teu corpo,
senti-te arrepiar.
Olhei nos teus olhos 
e disse-te: Deixa-te levar.
Percorri o teu pescoço, 
suavemente os dentes marquei, 
pões-me louco.
Neste jogo de sedução, 
quis ser outro, 
o menino das fantasias, 
aquele por quem morrias.
Os meus dedos em ti, 
a minha língua na tua boca. 
Os gemidos de uma donzela louca
 que se entrega ao seu príncipe.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Louca - L.P.V.

Louca 
no meu corpo 
arranca sua roupa 
e diz demente 
na minha mente
Faz e desfaz 
se entrega 
diz as putarias 
que gosto de ouvir 
me faz seu dono...
Aceito 
não nego 
assim te quero 
sempre louca 
vem minha insana 
comete 
os profundos 
pecados 
na minha pele 
escreva nela 
o teu nome 
com as unhas 
louca
insana 
na minha cama 
vem pro meu corpo 
cavalga 
desalinha meus lençóis
morda minha boca 
mas me vem louca 
assim que quero 
você 
louca 

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Meu Gozo No Teu - L.P.V.

Meu corpo tão quente
inflama pelo teu...
Quero teu desejo, teu tesão
Vem com tua boca molhada  
a passear por ele...
e com o teu sexo úmido,
deixar teu rastro de cio...
Marca minha pele, com tuas unhas
Olhe na minha cara
falando as mais puras sacanagens 
que lhe vier à mente
Me ame, me odeie, me xingue, me elogie,
mostre o quanto me quer...
Leio teu tesão, saindo pelos teus olhos
não resisto, te viro, vou por cima  
seguro tuas pernas, te dou tudo,
e atendendo a teu pedido,
começo o ritual, te fodo com força,
arranco teus  gemidos...
Aperto teus seios, arranco teus suspiros,
ofereço meus dedos em teus lábios,
e você os suga...
Sinto tua vulva se contrair,
é o tesão, é o prazer, é o fogo queimando...
Vem agora, não para, te quero, te entendo,
é  meu, o seu gozo,
é teu, o meu...

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Silêncio - L.P.V.

Hoje,
eu queria você aqui
Deitada,
do meu lado 
Abraçar,
você de conchinha 
Sentir,
teu perfume 
Nua,
não te falaria nada
Só queria 
te sentir 
no meu corpo
Dormiríamos...
E como 
naquela velha frase:
"O silêncio falará por nós"

Loba Faminta - L.P.V.

Quero de você,
a loba faminta, 
a leoa  na caça, 
a cachorra no cio, 
a gata mansa 
mas que arranha...
Quero ser sua caça.
sua presa. 
um vira-lata, 
e que você seja 
minha dona...
Agora quero ser 
seu  homem,
seu macho,
seu tesão...
Quero que você  
despeje em mim 
toda fúria...
Vem com apetite,
me jogue na cama,
morda minhas costas,
lamba minha coluna,
passe a língua
por onde... você sabe!
E então,
te farei,
minha mulher,
vadia,
vagabunda...
Agarrarei seus cabelos,
vem... de quatro,
de frente,
de lado,
não importa, 
te quero.
Então, você virará 
minha loba faminta,
serei  sua presa fácil...
Farei de você,
minha cachorra
e depois 
de muita  luta,
de desejos, 
de tesão,
dominarei você, 
minha gata...
Vem!

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Tempestade - L.P.V.

Traz-me a tua língua quente 
até minha boca sedenta...
Molhe com seus desejos,
tocando o meu céu...
Transborde no meu corpo,
feito tempestade,
deixando meu corpo em furacão.
Arraste tudo, tira tudo fora do lugar,
depois se acalme,
e lentamente irei contemplar
o seu arco-íris.

Convite - L.P.V.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

sábado, 1 de novembro de 2014

Posse - Thaís

Você chegou
Tomou posse do meu coração
De todo o meu eu
Pensante...
Vazante...
Irreal...
Virtual
Vem...
Desvenda meus segredos
Faz meu amor um carinho...
Me toque devagarzinho
Do jeito que sabe me amar
Mas não opõe resistência
E deixa-me te abraçar!
Igual ao mar quando
Abraça a areia
Levando e trazendo
A espuma de sal
O sal do desejo
Com seu sabor
Seu cheiro de amor!
Do ir e vir
Tal qual o mar
Abraçando a areia
Beijando-a com amor
Assim como eu a ti
Vem meu amor!
Traz para mim os teus braços
Vem amor...
Tal qual o mar abraçando a areia...
No vai e vem do meu
Amor...