JellyPages.com

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Provocadora - Gel

Insinuo e provoco
Por que você me faz perder a noção do perigo
Adoro mexer com os seus instintos
Adoro imaginar seu corpo quente e gostoso no meu
Seus braços fortes a me envolver
Mexe com a minha imaginação
Imagino-te entre as minhas coxas
Com uma fúria louca
Arrancando-me a roupa
Possuindo-me de todas as formas
De todos os jeitos
Deixamos somente o tesão falar
A cada toque, a cada beijo.
Respondemos com desejo e loucura
Declarado na mais pura insanidade do querer
Você é esse cara sacana
Que ainda vai me levar pra cama
Olhando em meus olhos
E me fazendo tua.

Somente Hoje - Gel

Hoje eu quero apenas sentir
Me envolver em seus braços
E ouvir os seus passos
Em minha direção 
Hoje eu quero todos os detalhes
E aqueles pequenos gestos
Dizendo assim:
Estou aqui
Pra te viver
Pra me envolver
E com você pra sempre permanecer...

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Indecisão - L.P.V.

Não faça mais isso 
não me deixe 
nessa angústia 
da sua partida
não me deixe na indecisão
pense e repense  
e  venha com a resposta
num vestido colado, ou não...
a boca vermelha por um batom 
no sabor do tesão...
venha com a resposta
a provocação
me derrube  
me pise com seu salto 
alto e fino...
me ameace  
e então, rasgue minhas vestes  
e arranque aquilo que te dá prazer...
com meu corpo nu 
arranhe, torture, me bata
mas não me mata 
com essa indecisão...

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Desejo, É O Meu Nome - Patrícia Rocha

E vou te devorar...
Esfinge do prazer
Podes me decifrar?
Metáforas sem fim
Escritas em êxtase
E sussurros.
Escuro e imensidão
Nas linhas de minha mão.
Boca de luar,
Beijos de veludo,
Leia meus códigos
Para entender tudo.
Mundo de símbolos
Desenhados na pele
E em segredos, dedos
De mar e correnteza,
Pele de fogo apenas 
Para tua surpresa.
Sinta...
De olhos fechados, entrega...
Caçada selvagem,
Viagem pelo teu corpo
E paraíso... te aconchego,
Te mordo e aliso...
Morres sem fim
Lá dentro
E tão dentro
De nós e de mim.
A fina arte de enlouquecer,
Delírio sem hora marcada.
Desejo, é o meu nome...
Sou tua mulher encantada...
Doce momento de pêlos e pele,
Labaredas e explosão,
Sou teu fetiche, tua cama,
Tua emoção...
Silêncios, sons,
Murmúrios, sintonia,
Visto a fantasia
E o dia é madrugada,
Morada do céu,
Seios de mel,
Significados tatuados
Em cetim, jasmins
Enfeitando o coração.
Estrelas caindo 
No tapete e no colchão...
Desejo é o meu nome...
E vou te ensinar a voar..
Abra tuas asas,
Jogue-se no vento da paixão,
Não tenha medo de cair,
Vim aqui apenas
Para tirar teus pés do chão.
Desejo, é o meu nome...
Tire tuas roupas,
Vista o meu prazer,
E deixe tudo mais acontecer...

Fim - Patrícia Rocha